Notícias

Cáritas de Coimbra em evidência no AAL Fórum 2019

A Cáritas Diocesana de Coimbra voltou a ter uma participação muito ativa na edição 2019 do AAL Fórum, evento que reuniu cerca de 700 participantes em Aarhus, na Dinamarca, em torno das temáticas do Programa AAL (Active and Assisted Living). À semelhança de 2018, a Cáritas Diocesana de Coimbra integrou o Comité Organizador do AAL Fórum, participando, ainda, enquanto oradora em workshops interativos, parceira em reuniões de projetos em curso e na Academia Lean.

 

LANÇAMENTO OFICIAL DO PROJETO EU_SHAFE

A Cáritas de Coimbra marcou presença no lançamento oficial do projeto EU_SHAFE (Europe Enabling Smart Healthy Age-friendly Environments), que decorreu em Aarhus, na Dinamarca, no dia 23 de setembro, durante o AAL Fórum 2019. Este projeto é cofinanciado pelo INTERREG Europe e liderado pelo Município da Bizkaia.

A Cáritas de Coimbra é um dos 10 parceiros do projeto EU_SHAFE. Este projeto visa melhorar as políticas e práticas em 7 regiões europeias através do desenvolvimento de uma abordagem abrangente para Ambientes Saudáveis, Inteligentes e Amigáveis (SHAFE).

Na reunião de lançamento todos os parceiros, oriundos de 7 países diferentes da UE, tiveram a oportunidade de definir em conjunto a missão e o plano operacional do projeto.

O consórcio é composto por organizações líderes na área de mudanças demográficas e ambientes amigáveis, incluindo as cinco principais organizações regionais comprometidas em investir na inovação para um envelhecimento ativo e saudável, premiadas com o estatuto de Reference Sites.

O encontro revelou ser bastante produtivo, no sentido em que os parceiros, orientados pelo Coordenador do projeto (Município da Bizkaya), tiveram a oportunidade de estudar a melhor forma de se alinharem e influenciarem os instrumentos de política regional que abrangem os Ambientes Saudáveis, Inteligentes e Amigáveis (SHAFE).

Ao longo do dia, foi desenvolvido o planeamento dos primeiros doze meses de atividades, destacando a identificação de processos-chave. Esta partilha permitiu às regiões europeias entenderem como adotar boas práticas de acordo com as suas necessidades, a fim de melhorar os instrumentos de política multinível que visam tornar as cidades e comunidades amigáveis.

 

 

EIP ON AHA COP 2019

Como parte de uma missão conjunta de apoiar a transformação digital do envelhecimento e da prestação de cuidados e resultante de uma fantástica colaboração entre o Programa Active and Assisted Living (AAL) e a European Innovation Partnership on Active and Healthy Ageing (EIP-AHA), a Conferência de Parceiros EIP de 2019 foi realizada em conjunto com o AAL Fórum deste ano, na fabulosa cidade de Aarhus.

Tiveram assim início os trabalhos dos Grupos de Ação e da rede Colaborativa dos Reference Sites da EIP-AHA, numa conferência que os reúne para discutir as diretrizes e planos de ação já implementados e delinear ações futuras, revendo também o alinhamento com as políticas da Comissão Europeia. A Cáritas de Coimbra participou na conferência representada por Carina Dantas, como Coordenadora do Grupo D4 – Ambientes amigos de todas as idades e como membro nuclear do Consórcio Ageing@Coimbra, Reference Site 4 estrelas.

 

 

AAL2BUSINESS

No primeiro dia do AAL Fórum, Natália Machado, Gestora de Projetos da Cáritas de Coimbra, participou no AAL2business – The lean approach (o primeiro de 3 workshops da AAL Lean Startup Academy). Esta sessão pretendeu fornecer ferramentas aos participantes, através de teorias e metodologias, que lhes permitam desenvolver ou melhorar o Plano de Negócios do projeto AAL que cada um representa. Natália Machado aproveitou a oportunidade para trabalhar na estratégia de exploração do DAPAS, projeto no qual a Cáritas de Coimbra participa e que reúne soluções AAL de sucesso, combinadas num único produto, que poderão assim ser distribuídas em maior escala para melhorar a qualidade de vida dos mais velhos.

 

 

ECOSSISTEMAS PARA ENVELHECER COM QUALIDADE NA EUROPA DIGITAL

Ainda no primeiro dia do Fórum, Carina Dantas, Diretora do Departamento de Inovação da Cáritas de Coimbra, marcou presença no Workshop 3 – “Building an eco-system approach for ‘ageing well in a digital Europe’ (AAL Programme)” – Construindo uma abordagem do ecossistema para ‘envelhecer com qualidade na Europa digital’. Este workshop teve um formato interessante e dinâmico chamado “open fishbowl” – “aquário aberto”, com cadeiras no centro da sala representando no máximo cinco pessoas: um jovem, um idoso, duas pessoas com experiência no ecossistema quer seja hospital, residencial ou comunidade e uma cadeira vazia ocupada por pessoas da plateia, numa dinâmica rotativa.

Num evento que reúne stakeholders bastante distintos e oriundos de vários setores de atuação, o que se pretende na aproximação a um ecossistema é que as organizações comecem a trabalhar e a interagir uns com os outros com o objetivo de evoluir e se adaptar a novos contextos e ao que os rodeia. Este é o mote para envolver todos os atores num sistema e não apenas as partes interessadas e perceber os seus relacionamentos e dinâmicas.

Esta sessão forneceu elementos e processos que fomentam a construção do protótipo de um ecossistema para envelhecer com qualidade, que possa ser adaptado e aplicado por todos. Foram apresentados casos de redes de envelhecimento existentes (casa, comunidade, assistência e ambiente de trabalho), a fim de ilustrar os desafios atuais que exigem uma nova abordagem e, dessa forma, ajustar a futura oferta de serviços direcionados.

Num segundo momento do workshop, foi lançado o desafio aos participantes: tomarem medidas adicionais e continuarem o processo de desenvolvimento do ecossistema protótipo, criando um espaço para a inovação e aprendizagem onde fosse possível padronizar e aperfeiçoar uma solução que pudesse ser desenvolvida e implementada por todos. Desta forma, a sessão pretendeu introduzir e promover a proposta que está a ser desenvolvida pelo AAL para um futuro programa de parceria europeia que introduz uma abordagem do ecossistema para envelhecer com qualidade.

 

 

WORKSHOP DA SHAFE FOI CONSIDERADO UM DOS HIGHLIGHTS DO AAL FÓRUM 2019

No dia 24 de setembro, a Cáritas de Coimbra esteve como keynote speaker no Workshop 8 – “Smart Healthy Age Friendly Environments (SHAFE) and the Blueprint for digital transformation of Health and Care” – Ambientes inteligentes, saudáveis e amigáveis e o modelo para a transformação digital de saúde e cuidados -, ação que obteve uma recetividade extremamente positiva. A sala ocupada por cerca de 120 pessoas, ultrapassou a lotação para assistir à sessão conjunta do AAL com o EIP-AHA (Parceria Europeia de Inovação para o Envelhecimento Ativo e Saudável) que foi organizada pela Rede Europeia SHAFE, coordenada por Carina Dantas (Cáritas de Coimbra) e Willeke van Staalduinen (AFEdemy).

No Workshop 8 foi apresentado um resumo da Declaração Conjunta da SHAFE e uma síntese dos próximos passos da SHAFE de alcançar ambientes acessíveis inteligentes e amigáveis para todas as idades. A Cáritas Coimbra e a AFEdemy são as coordenadoras da SHAFE – uma rede aprovada pela Comissão Europeia sob o tema Smart Healthy Age-Friendly Environment. Esta Rede envolve como parceiros 10 grandes redes europeias e mais de 160 organizações de toda a Europa que trazem contributos, comentários e apoio de centenas de partes interessadas. O objetivo específico da SHAFE passa por alinhar o desenvolvimento
tecnológico com a indústria da construção em termos de políticas e financiamento, a fim de disponibilizar casas inteligentes, acessíveis e de grande escala na Europa. Esta ampla adoção pode ser a pedra angular de um sistema de saúde mais eficiente, que agrega melhor qualidade por menos investimento, em conformidade com a estratégia do Mercado Único Digital.

 

 

COMO ATRAÍMOS GRANDES COMPRADORES PÚBLICOS E PRIVADOS PARA AS SOLUÇÕES AAL?

No último dia do AAL Fórum, 25 de setembro, a Cáritas de Coimbra participou enquanto oradora em 2 sessões. De manhã esteve no Workshop 17 – “How do we attract big private & public buyers to the AAL solutions?” – Como atraímos grandes compradores públicos e privados para as soluções AAL?. Ana Luísa Jegundo, do Departamento de Inovação, em representação da Cáritas de Coimbra partilhou a sua experiência sobre os desafios e oportunidades que a participação em projetos AAL acarreta na discussão de modelos de negócios para que estes funcionem, apesar dos desafios da soluções globais. Tópicos como a importância de envolver os utilizadores finais no processo de co-criação de soluções AAL, desde o levantamento de requisitos até à entrada do produto final no mercado; a necessidade de adaptar políticas públicas nacionais e europeias que favoreçam a integração da inovação através dos serviços sociais e de saúde, enquanto stakeholders facilitadores da introdução de tecnologias no dia-a-dia da comunidade ou a importância de trabalhar oportunidades de financiamento que envolvam investimento público e privado, para que as tecnologias se possam manter atrativas e interessantes no mercado no final do projeto foram discutidas nesta sessão.

 

 

ÉTICA, PROTEÇÃO DE DADOS E PRIVACIDADE: QUEM ASSUMIRÁ A RESPONSABILIDADE?

A participação da Cáritas de Coimbra no AAL Forum terminou com o Workshop 29 – “Ethics, data and privacy protection: who will take responsibility and how we proceed to a common framework for IT-AHA in Europe?” – Ética, proteção de dados e privacidade: quem assumirá a responsabilidade e como podemos avançar para uma estrutura comum para a tecnologia da informação no envelhecimento ativo e saudável, na Europa?-, representada por Carina Dantas como oradora e Ana Luísa Jegundo como dinamizadora de uma das mesas redondas.

Esta sessão tinha como objetivo desencadear discussões sobre como se pode garantir que as pessoas mais velhas – a maioria não conhecedoras de tecnologia – que usam soluções de tecnologia não médica estão “seguras” no que diz respeito a dados e privacidade. É essencial aumentar a consciencialização, para que as próprias pessoas possam fazer escolhas “seguras”, mas a elaboração de políticas a nível europeu no quadro ético é também essencial para protegê-las. Como alcançar os dois lados da mesma moeda foi o objetivo discutido pelos mais de 60 participantes do workshop.

Elisa Irlandese (DG CNCY, Comissão Europeia) moderou a sessão e os oradores iniciais prosseguiram com a introdução do tema. Ellen Steenmeijer e Stephanie Koenderink apresentaram a perspetiva do utilizador final e Carina Dantas introduziu a necessidade de elaboração de políticas europeias. Houve depois espaço para 45 minutos de trabalho em grupo que terminou com uma discussão participativa, agrupando utilizadores finais e PME e 3 projetos AAL / H2020, incluindo o Smartwork, DAPAS e Toilet4me. Além do trabalho na área da ética e da proteção de dados que advém de experiências anteriores em projetos, a Cáritas de Coimbra desenvolveu já alguns artigos que referem os principais desafios para abordar metodologias para avaliação ética em projetos ou questões éticas decorrentes do uso de novas tecnologias por pessoas mais velhas em contexto laboral. Problemas como a flexibilidade do horário de trabalho, a possibilidade de trabalhar em casa e a transparência dos dados que são compartilhados e como estão a ser guardados foram alguns dos tópicos lançados na discussão das mesas redondas.

Os principais resultados das discussões definiram que, na consciencialização de um utilizador final, a questão da partilha de dados é também uma questão de confiança. Em alguns países, é difícil para as autoridades/administração pública recolher dados confiáveis porque os cidadãos não confiam nas partes interessadas. As autoridades públicas locais devem ter um papel na disseminação da legislação de ética, proteção de dados e privacidade de cada comunidade, a fim de manter a sociedade informada e segura.

A discussão central sobre a criação de um Quadro Ético Europeu para dispositivos não médicos refletiu no facto de que ainda existe um mercado não regulamentado para muitas soluções digitais que trabalham com dados pessoais e desafiam questões éticas. O tópico conquistou a atenção e interesse tanto do representante da Comissão Europeia como de dois representantes do Programa AAL que apresentaram o seu interesse em dar continuidade a este assunto no seio das suas organizações.

O tema deste workshop deu origem a discussões muito interessantes entre organizações de utilizadores finais, PME, promotores de projetos, investigadores e engenheiros. Após o tempo previsto, a discussão ainda não estava terminada e este parecia ser o tópico mais falado neste Fórum da AAL de 2019. Espera-se que seja um tópico ainda a ser discutido no próximo Fórum.

 

 

CÁRITAS DE COIMBRA É MEMBRO DO CONSÓRCIO AGEING@COIMBRA QUE FOI RECONHECIDO PELA PRIMEIRA VEZ COMO REFERENCE SITE 4 ESTRELAS

O AAL Fórum de 2019 terminou com a atribuição dos Prémios Europeus para os Reference Sites (Sítios de Referência). Os Reference Sites do EIP-AHA são ecossistemas inspiradores que oferecem soluções criativas e viáveis para melhorar a vida e a saúde das pessoas mais velhas. Os Sites são regiões que incluem municípios, hospitais, universidades, empresas e organizações da sociedade civil num consórcio com uma abordagem abrangente e baseada na inovação para o envelhecimento ativo e saudável. O ponto forte desta comunidade é a aprendizagem mútua e a troca de sinergias, que permitem melhorar os seus próprios sistemas regionais.

A Cáritas de Coimbra é membro do Ageing@Coimbra, consórcio que tem como principal objetivo melhorar a vida dos cidadãos mais velhos na Região Centro de Portugal através de melhores serviços sociais e cuidados de saúde, assim como da criação de novos produtos e serviços inovadores e o desenvolvimento de novos meios de diagnóstico e terapêuticas.

No concurso de 2019, 77 organizações regionais e locais receberam o estatuto de Reference Site como organizações regionais líderes comprometidas em investir em inovação para um envelhecimento ativo e saudável e apoiar a transferência e expansão dessa inovação em toda a Europa. O Ageing@Coimbra além de ter recebido este estatuto, foi reconhecido pela Comissão Europeia como um Reference Sites de classificação máxima (4 estrelas).

 

 

O AAL Fórum é uma conferência anual que apresenta os últimos avanços tecnológicos para o envelhecimento da população, desde robôs e jogos até aplicativos e sensores, produtos que se concentram na qualidade de vida, maior independência e sociabilização e sustentabilidade do sistema social e de saúde. Congrega, numa única ocasião, participantes que desenvolvem a tecnologia, os que a utilizam e aqueles que investem nela, tornando-se um dos maiores e mais importantes eventos europeus da área. A Cáritas De Coimbra aproveitou também a excelente ocasião para reunir com diversos parceiros dos seus projetos em curso que estiveram em exposição ou a participar neste Fórum como o caso do Instituto Pedro Nunes e parceiros dos projetos LIFEBOTS, DAPAS, Smartwork e ainda do EU_SHAFE, cuja kick-off meeting decorreu também em Aarhus.

 

Partilhar:

Cáritas

A Cáritas Portuguesa é um serviço da Conferência Episcopal Portuguesa. É membro da Cáritas Internationalis, da Cáritas Europa, da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, da Confederação Portuguesa do Voluntariado, da Plataforma Portuguesa das ONGD e do Fórum Não Governamental para a Inclusão Social.

Cáritas em Portugal

Contactos

Rua D. Francisco de Almeida, n 14
3030-382 Coimbra, Portugal

239 792 430

966 825 595

 caritas@caritascoimbra.pt

NIF: 501 082 174

Feed

Comunicação Institucional