Notícias

Cáritas de Coimbra participou no Workshop: Aprendizagem de Políticas Inter-Regionais do projeto EU_SHAFE organizado pela Região de Campânia

A Cáritas Diocesana de Coimbra participou no Workshop Online: Aprendizagem de Políticas Inter-Regionais do projeto EU_SHAFE organizado pela Região de Campânia, no dia 24 de junho.

O projeto EU_SHAFE que iniciou em agosto de 2019, tem como objetivo melhorar as políticas e práticas dos Ambientes Inteligentes, Saudáveis e Amigáveis (SHAFE) em 7 regiões Europeias através do desenvolvimento de uma abordagem global e do uso da metodologia “aprender através da partilha”.

A transformação digital da saúde e dos cuidados está a criar oportunidades para o desenvolvimento e aplicação de tecnologias de saúde digitais que vão abordar desafios sociais e de saúde, como por exemplo o envelhecimento da população e a dificuldade no acesso à saúde, e torna-los numa oportunidade para um desenvolvimento sustentável. A digitalização do sector social e da saúde é, portanto, uma das áreas de intervenção prioritárias para investimentos regionais direcionados a colmatar falhas de infraestrutura e da lacuna digital

A primeira conquista dos parceiros do projeto EU_SHAFE foi a finalização de um Relatório de Avaliação para mapear a situação de cada região envolvida, em relação aos 4 dos 8 domínios para cidades e comunidades amigáveis da Organização Mundial de Saúde.

Os 4 domínios selecionados pelos parceiros do EU_SHAFE são: Habitação; Inclusão social; Comunicação e Saúde e serviços comunitários.

O primeiro de uma séria de 4 Workshops sobre de Aprendizagem de Políticas Inter-Regionais do projeto EU_SHAFE foi organizado pela Região de Campânia, com o apoio governamental e de meios de comunicação fornecidos pela ECHAllience, no dia 24 de junho.

O evento que decorreu online devido às restrições do COVID-19, teve a audiência de quase 60 participantes representantes de várias regiões Europeias.

O objetivo do Workshop era a troca de conhecimentos adquiridos no domínio 1 da OMS – Sete boas práticas locais de habitação recolhidas nas regiões dos parceiros.

Um formato interativo de apresentações e discussão permitiu aos stakeholders de vários grupos regionais tornarem-se mais familiarizados com os objetivos estratégicos do projeto EU_SHAFE, da comunidade e das atividades, e aprender através de outras experiências locais e internacionais relevantes à área do SHAFE (Ambientes Inteligentes, Saudáveis e Amigáveis).

 

O Workshop foi inaugurado por Maria Grazia Falciatore e Monica Staibano do Departamento de Planeamento da Região Unitária da Campânia, que realçou a importância da criação de ambientes de vida que promovam e mantenham o bem-estar e a saúde dos cidadãos.

No seu seguimento, os moderadores do workshop, Maddalena Illario, do Departamento de Inovação na Saúde da Região da Campânia, e John Farrel, Reference Site Collaborative Network (RSCN), abriram o primeiro painel de oradores para apresentar o projeto EU_SHAFE.

Asier Alustiza Kapanaga, Diretor Geral do Incentivo à Autonomia Individual em Bizkaia, coordenador do EU_SHAFE, abordou os principais objetivos e metas do projeto, e a sua ambição de contribuir para a criação de um ambiente inteligente capaz de melhorar abordagens políticas locais na resposta ao envelhecimento da população, incluindo a respostas a emergências de saúde.

Seguiu-se Amaya Mendez Zorrila, da Universidade de Deusto, que apresentou os resultados preliminares do Relatório Agregado de Boas Práticas do EU_SHAFE, relacionado com o esfera da habitação na OMS. Tal incluía a coleção das boas práticas do EU_SHAFE, centrado no seu alcance e desafios. Os primeiros resultados relacionados com a avaliação e análise das boas práticas foi concluído e identificam ações prioritárias para fortalecer o impacto e aumentar oportunidades.

 

A segunda sessão do workshop centrou-se na implementação de algumas das boas práticas implementadas na Região da Campânia. A iniciativa “Vamos ficar juntos”, apresentada por Ezio Polizzi e Stefano Gamra, Serviço de Co-Habitação srl, é uma empresa de sucesso sediada em Acerra, área de Nápoles. Esta área tem vários desafios sociais mas provou ser uma oportunidade valiosa para desenvolver uma abordagem criativa e inovadora de habitação para adultos mais velhos. A iniciativa, que é desenvolvida num modelo de co habitação, tem como objetivo criar um ambiente familiar que seja completamente diferente dos lares e pensões de idosos; e que estimule adultos seniores a viver com uma boa qualidade de vida independente e ativa.

A co habitação é organizada em pequenos grupos (4-7) e os residentes vivem no seu próprio apartamento. A gestão do estabelecimento é auxiliada através de uma aplicação web que tem como objetivo melhorar a organização de algumas atividades habituais, como por exemplo o dia das visitas, a medicação etc. A iniciativa tem tido muito sucesso e está a ser estendida para a província de Caserta.

Luigi Riccio, Coordenador do Departamento de Infraestruturas e Investimentos Tecnológicos da Região da Campânia, deu uma apresentação sobre o l’Ospedale del Mare e o seu uso de tecnologias de saúde avançadas para prestar serviços. Inaugurado há 3 anos atrás e parcialmente financiado por fundos Europeus, é o primeiro projeto de cuidados de saúde lançado em Itália. L’Ospedale del Mare situa-se nos arredores orientais de Nápoles, e presta cuidados de saúde a meio milhão de cidadãos ao promover uma abordagem inovadora à integração de hospital e serviços comunitários. Durante a pandemia do COVID-19, este hospital modular tornou-se num centro altamente especializado para pacientes de Coronavírus e é uma das estruturas médicas de apoio ao desenvolvimento de medicina territorial durante a “fase 2” do vírus.

Gino Nicolais, Presidente do Centro de Inovação Digital da Campânia (DIH), concluiu a 2ª sessão do workshop do projeto EU_SHAFE, salientando o ecossistema de inovação na Região da Campânia.

A visão da DIH da Campânia é a criação de uma rede regional de colaboração inovadora entre indústrias, centros de investigação e outros agentes institucionais para a concretização do modelo da nova Industria 4.0.

Gino sublinhou como a digitalização está a conduzir a grande transição da indústria para o tempo 4.0. A Quarta Revolução Industrial está acima de qualquer mudança social à parte da tecnológica.

No centro desta transição está o cidadão, que se torna cada vez mais o centro dos modelos de negócio, e é envolvido no desenvolvimento dos produtos. O objetivo da DIH da Campânia é criar uma comunidade cooperante focada em tecnologias digitais e em novos modelos de negócio, que possam melhorar a competitividade dos negócios ao longo do percurso da transformação digital.

 

A sessão final do workshop, permitiu aos stakeholders do projeto ganhar conhecimento sobre projeto financiado por 2EC, e a sua potencial transmissibilidade e crescimento face aos resultados do EU_SHAFE.

Gilde de Marco,  da INSIEL S.p.a Direção e Inovação e Governo ICT, apresentou o projeto Interreg Europe ASHTAG. ASHTAG, um modelo transnacional hierárquico para a inovação da administração pública que promove um Envelhecimento Ativo, visa melhorar as competências políticas de governação regional Ativa e Envelhecimento Ativo (AHA), e facilitar a transferência de iniciativas inovadoras entre o Espaço Alpino. Está a estabelecer uma Administração transnacional aberta na AHA para a coordenação e análise das políticas regionais, para a publicação de um portfólio de boas práticas e está a desenhar uma estrutura para o planeamento de novas políticas e ações na AHA. Particularmente relevante para o EU_SHAFE, é o Modelo de Avaliação da Administração ASHTAG AHA e a seleção escalas para avaliar o impacto e sustentabilidade das boas práticas selecionadas, que inspirou a metodologia de avaliação que será adotada pelo EU_SHAFE.

OzanBuhan, Ministro da Saúde na Turquia, exemplificou o Acordo pré-comercial (PCP) do projeto proEmpower. proEmpower é uma iniciativa que visa adquirir uma solução de gestão personalizada à diabetes de €3M, para apoiar utentes com Diabetes Mellitus tipo 2. A abordagem centrada no utilizador para saúde, cuidados e experiência que o projeto está a tomar ao implementar o instrumento PCP entre várias regiões Europeias, pode representar uma oportunidade de melhorar a monitorização e resultados de saúde em contextos de co-habitação. A troca de experiências feita com os stakeholders do EU_SHAFE durante o workshop, destacou que este tipo de contexto pode ser bastante relevante para acelerar a aceitação e o aumento dos resultados do proEmpower, especialmente para o benefício da população vulnerável e pre-vulnerável.

O workshop concluiu com uma sessão de perguntas e respostas extremamente interativa entre participantes e os vários oradores. No seguimento, os Moderadores, Maddalena Illario e John Farrel, resumiram os resultados da primeira Sessão de Aprendizagem Política Inter-Regional do projeto EU_SHAFE.

Principais mensagens a reter:

  1. A importância da criação de abordagens Governamentais transversais e sectoriais que juntem responsáveis políticos e prestadores de serviços com empresários, SMC’s, Investigadores e Cidadãos para criar uma mudança sustentável.
  2. Alinhar iniciativas, programas, e projetos com prioridade e políticas regionais e nacionais
  3. Promover e estimular inovação (incluindo inovação social); conhecimento de como as tecnologias digitais podem ser usadas; e utilização de data para desenvolver soluções sustentáveis construídas em função das necessidades dos cidadãos e da sociedade.
  4. Investir na saúde e no bem-estar não deveria ser apenas com fins lucrativos, a cadeira de valor deveria também integrar uma melhoria de resultados para cidadãos.

 

Os materiais do workshop online, apresentações dos oradores e gravações online, podem ser encontradas no website do EU_SHAFE, na secção da biblioteca.

 

Partilhar:

Cáritas

A Cáritas Portuguesa é um serviço da Conferência Episcopal Portuguesa. É membro da Cáritas Internationalis, da Cáritas Europa, da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, da Confederação Portuguesa do Voluntariado, da Plataforma Portuguesa das ONGD e do Fórum Não Governamental para a Inclusão Social.

Cáritas em Portugal

Contactos

Rua D. Francisco de Almeida, n 14
3030-382 Coimbra, Portugal

239 792 430

966 825 595

 caritas@caritascoimbra.pt

NIF: 501 082 174

Feed

Comunicação Institucional