Triplo D

TRIPLO D – DEMOCRACIA, DEMOGRAFIA, DIREITOS HUMANOS

O projeto Triplo D visa aumentar o envolvimento democrático e a participação política dos cidadãos, trabalhando as ligações entre democracia, demografia e direitos humanos. Irá desenvolver sessões de educação/formação e grupos de discussão escolar e comunitária, procurando educar e fortalecer a cultura da cidadania ativa e participativa de profissionais, agentes comunitários, crianças e jovens, pessoas em situação de vulnerabilidade e pessoas idosas. Neste sentido, propõe-se a tornar os grupos-alvo em promotores e agentes da mudança e da decisão política, auxiliando-os a analisar e discutir políticas e a propor recomendações de melhoria das dinâmicas democráticas a nível local.

OBJETIVOS

  • Fortalecer a Sociedade Civil através do aumento de conhecimento sobre as instituições democráticas, participação cívica e sensibilização para o compromisso social;
  • Capacitar a equipa do projeto e parceria alargada, com formação especializada;
  • Formar e sensibilizar os públicos-alvo, com vista à promoção da cidadania e da democracia;
  • Aumentar a autoeficácia para a participação, envolvimento e tomada de decisão em grupos e práticas referentes aos Direitos Humanos, Democracia e variáveis da Demografia;
  • Potenciar a capacitação e empoderamento dos públicos-alvo na compreensão, formulação e participação em políticas públicas através de atividades pedagógicas e de sensibilização;
  • Disseminar as temáticas do TriploD através do estímulo às redes de parceiros e comunicação estruturada para cada público-alvo;
  • Potenciar a replicação das ações e recursos e a partilha de boas práticas através da criação de website, toolkit e documento de policy.

O projeto irá assentar em 4 Componentes, que se irão desenvolver num crescendo de conhecimento e participação:

A – Capacitação:

  • Esta componente irá englobar uma área de capacitação organizacional com formação-ação em literacia democrática e ativação comunitária.
  • Educar e sensibilizar crianças, jovens, grupos comunitários, educadores e professores, com vista à promoção de competências pessoais facilitadoras de um desenvolvimento positivo e de contextos propiciadores da participação democrática e cidadania ativa. Faz-se aqui um percurso que se inicia no jardim-de-infância e culmina com pessoas idosas, abrangendo os diferentes contextos, idades e estruturas de relação.

B – Sensibilização:

  • Sessões de literacia e ativação democracia.
  • Exponenciar a disseminação dos ambientes amigáveis, através de um programa de eventos culturais e campanhas de divulgação com extensa participação direta do público, que assim interiorizam e se apropriam da temática de uma forma mais internalizada e aprofundada. Esta metodologia pretende transformar todos os participantes em veículos de sensibilização junto dos seus círculos pessoais, multiplicando os destinatários das ações e facilitando a penetração da sensibilização nas diferentes esferas sociais.

C – Ativação:

  • Nesta fase do projeto a perspetiva é colocar os públicos-alvo como motores e protagonistas do processo de ativação, nomeadamente através das iniciativas: “Parlamento dos Jovens” e “Cidadãos (Inter)geracionais”.
  • Maximizar a utilização da rede institucional de parceiros e a relação de proximidade da Cáritas Diocesana de Coimbra com os media e autarquias locais, regionais e nacionais para a criação de uma malha comunitária de disseminação e participação.

D – Comunicação:

  • Esta última componente surge como uma ação transversal à promoção e fortalecimento no âmbito democrático, para que este seja consequente e efetivo, englobando a disseminação do projeto nas suas várias vertentes e uma atividade de monitorização e avaliação que permita refletir sobre resultados e lições aprendidas: “A Democracia comunica-se”.
  • Potenciar a replicação das ações e recursos, bem como a partilha de boas práticas através da criação de um site do projeto, onde estejam disponíveis todos os conteúdos formativos e recursos pedagógicos utilizados no projeto. Também, a formação especializada da equipa do projeto e dos técnicos que trabalham com estes públicos tornará a resposta institucional mais robusta e musculada e, naturalmente, melhorará a intervenção regional neste âmbito.

PRINCIPAIS TAREFAS DA CDC NO PROJETO:

A Cáritas Diocesana de Coimbra é o promotor do projeto pelo que tem de executar todas as atividades inseridas nas 4 componentes anteriormente referidas e devidamente identificadas na candidatura.


SUMÁRIO DO PROJETO

Nome do Projeto: Projeto Triplo D

Acrónimo do Projeto: Triplo D

Data de início: 01/07/2019

Data de fim: 30/06/2022

Orçamento Total: 116 724,92€

Nome do parceiro coordenador/promotor: Cáritas Diocesana de Coimbra

Parceiros:

2 parceiros elegíveis para financiamento:

  • European Centre for Women and Technology (ECWT)
  • Instituto Europeu de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes (IECCPMA)

1 parceiro não elegível para financiamento:

  • Agrupamento de Escolas da Lousã (AEL)

Website: https://triplod.caritascoimbra.pt

Facebook: https://www.facebook.com/projetotriplod/


FINANCIAMENTO DO PROJETO:

Programa Cidadãos Ativ@s

O projeto Triplo D, com o Contrato Financiamento n. 225734, é financiado pelo Programa Cidadãos Ativ@s, gerido em Portugal pelo consórcio formado entre a Fundação Calouste Gulbenkian e a Fundação Bissaya Barreto. O Programa deverá contribuir para os objetivos gerais dos EEA Grants em Portugal e para a prossecução do desenvolvimento sustentável e da boa governação. O seu objetivo primordial é o fortalecimento da sociedade civil e da cidadania ativa e a capacitação de grupos vulneráveis em Portugal.


NOTÍCIAS:

Democracia, demografia e direitos humanos? – Triplo D, o novo projeto da Cáritas de Coimbra

Lançamento do Projeto Triplo D cria expectativas elevadas

Apresentação do Projeto Triplo D da Cáritas de Coimbra | 19 setembro


PUBLICAÇÕES NA IMPRENSA

Jornadas pedagógicas para Assistentes Operacionais | 1 janeiro 2020 | A Comarca de Arganil

Cáritas apresenta Triplo D | 23 setembro 2019 | Diário As Beiras

Cáritas de Coimbra apresentou Triplo D | 21 setembro 2019 | Diário de Coimbra

Apresentação do projeto Triplo D da Cáritas | 19 setembro 2019 | Diário As Beiras

Cáritas apresenta o Projecto Triplo D | 19 setembro 2019 | Diário de Coimbra

Partilhar:
Comentários estão fechados...

Cáritas

A Cáritas Portuguesa é um serviço da Conferência Episcopal Portuguesa. É membro da Cáritas Internationalis, da Cáritas Europa, da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, da Confederação Portuguesa do Voluntariado, da Plataforma Portuguesa das ONGD e do Fórum Não Governamental para a Inclusão Social.

Cáritas em Portugal

Contactos

Rua D. Francisco de Almeida, n 14
3030-382 Coimbra, Portugal

239 792 430

966 825 595

 caritas@caritascoimbra.pt

NIF: 501 082 174

Feed

Comunicação Institucional